Air Terjun Pengantin

65

 

Diretor: Rizal Mantovani

País: Indonésia

Ano: 2009

Um dos cenários bem típicos dos “slashers” é esse: Um grupo de jovens vai pra algum lugar para se divertir e fazer merda, mas (in)felizmente, tem o assassino (na maioria das vezes, mascarado) que está pronto a estragar a festa matando, mutilando e castrando os envolvidos, esse é (mais ou menos) o cenário do Air Terjun Pengantin.

vlcsnap-00001 vlcsnap-00002 vlcsnap-00003

 

Tiara (Tamara Blezinski), o namorado Lilo (Kieran Sidhu) e alguns amigos, decidem dar um passeio na Ilha da Noiva, a ilha parece estar deserta e um assassino mascarado (que é o ajudante de um bruxo) vai matar qualquer pessoa que está na ilha.

vlcsnap-00004 vlcsnap-00005 vlcsnap-00006

 

Air Terjun Pengantin tem algumas cenas sangrentas bem legais, belas mulheres (infelizmente, o filme não tem cenas de nudez ou sexo) e o filme foi filmado em belos lugares, infelizmente, o filme é estragado pela parte final, que é mal filmada e mal editada (e é possível ver os atores rindo e sorrindo durantes cenas de violência ou tensão!). Esse filme não é uma obra prima do gênero, mas se você não está procurando uma obra prima, Air Terjun Pengantin é uma boa maneira para matar o tempo.

Goblin

374

Diretor: Todd Sheets

País: EUA

Ano: 1993

Quem segue o cenário independente do cinema de terror americano, é bem provável que vocês já ouviram falar do Todd Sheets, que fez mais de 30 filmes de terror (entre eles tem a trilogia Zombie Bloodbath, Catacombs e Prehistoric Bimbos in Armageddon City), a maioria, filmados em VHS e só para um público que realmente curte esse tipo de filme “trash” (termo muito abusado), apesar de não pertencer a um tipo de cinema de alta qualidade, são filmes bem divertidos.

vlcsnap-00009vlcsnap-00008vlcsnap-00007 vlcsnap-00010

O cenário é bem típico (o monstro/assassino matando todo mundo numa casa cheia de jovens), o filme tem muitos momentos gore (os efeitos especiais são bem caseiros) e obviamente, a atuação dos atores não é das melhores, mas dá pra ver que quem trabalhou ao filme se divertiu (e o clima da maioria das produções do Todd Sheets é esse). O único problema do filme é a trilha sonora, em certas cenas, é usada uma música TOTALMENTE inadequada para esse tipo de filme (que parecem pertencer a algum filme de Hollywood), mas apesar disso, Goblin é um filme que vai agradar os fanáticos do gênero.

Suburban Sasquatch

Image

Diretor: David Wascavage

Ano: 2004

País: EUA

O lendário Pé-grande (também conhecido como Bigfoot ou Sasquatch) é o protagonista desse divertidíssimo filme de “terrir”, a trama é bem simples: O Pé-grande começou sua onda de assassinatos brutais numa pequena área suburbana, dois policiais, um repórter e uma guerreira índia vão ter que lutar a qualquer custo para parar a fúria homicida dessa criatura.

2

1

5

3

4

Os fanáticos do cinema gore/splatter não vão ficar decepcionados, o filme tem uma alta quantidade de sangue e o filme nunca vira chato (ou perde tempo com coisas inúteis ou pouco interessantes), o único defeito são uns efeitos de computação gráfica bem toscos, mas além disso, Suburban Sasquatch é um filme divertidíssimo, um filme gore que poder ser assistido com toda a família.

Demon Slaughter

68

Diretor: Ryan Cavalline

País: EUA

Ano: 2003

Se tem um tipo de filme que eu amo, são os filmes de terror caseiros (especialmente se são filmados em VHS) , muitas vezes, podem ser mais divertidos do que qualquer bosta oferecida por um estúdio multi-milionário, Demon Slaughter é uma mistura bem divertida de um filme de terror e um filme de ação sobre gangsters.

O filme conta a história do Jimmy (Adam Berasi), um assassino da máfia que decide se retirar desse negócio sangrento, infelizmente, o chefe dele não gostou disso e começa uma troca de balas, depois de ter matado o próprio chefe, Jimmy precisa se esconder, mas antes, ele precisa buscar á própria mulher….

Apesar de ter um orçamento minúsculo, Demon Slaughter é um filme rápido, curto e bem divertido (e nem foi o gorefest que eu esperava) que nunca deixa o espectador chateado, as únicas coisa que eu não gostei do filme foram alguns efeitos “digitais” (péssimo uso de CGI) e uns dos tiroteios, pode parecer uma brincadeira entre crianças ao invés de um violento tiroteio entre bandidos (e as armas-brinquedos ajudam a “piorar” isso), bom, esses “defeitos” não estragam o filme, aumentam a diversão de um bom filme de terror trash.

vlcsnap-00001

vlcsnap-00003vlcsnap-00004

vlcsnap-00002

Ah, e o filme tem peitos, pronto, uma razão a mais para ver o Demon Slaughter.