18 Shaolin Golden Boys

Imagem

Diretor: Do Wai-Daat

País: China (Hong Kong)

Ano: 1996

 

Dizem que a Sam Po Film é a pior produtora da história do cinema de Hong Kong, não vi todos os filmes da Sam Po Film, mas Man Wanted, Those Were the Days e King of Robbery são medíocres, enquanto o Prostitute Killers (pelo que eu consigo lembrar) é decente, talvez o 18 Shaolin Golden Boys vai ser uma redenção para a produtora?  Não.

7 8 9

Rocky (Willie Chi, esse foi o último filme dele) é um rapaz sino-americano que precisa defender o tesouro de um templo Shaolin, a gangue do Pao (Yu Rongguang) quer obter o tesouro a qualquer custo, felizmente, Rocky vai ser ajudado por 18 crianças shaolin.

10 11 12

Esse foi o único filme do diretor Do Wai-Daat (é bem provável que esse nome seja um pseudônimo) e o filme ficou nos cinemas somente por dois dias. A maioria das cenas de luta são decepcionantes ou decentes e é uma pena, considerando o talento envolvido (O kickboxer Billy Chow interpreta um dos homens do Pao e um dos coreógrafos do filme é o Fung Hak-On), apesar desse defeito, 18 Shaolin Golden Boys entrega diversão por causa de algumas cenas bizarras (o templo shaolin tem armadilhas lasers!) e de algumas cenas cômicas bem nojentas ou estupidas.

 

 

Licence to Steal

454

Diretor: Billy Chan

País: China (Hong Kong)

Ano: 1990

Ngan (Agnes Aurelio) e Hung (Joyce Godenzi) são irmãs rivais numa família de ladrões, durante um dos roubos, a Ngan entrega a Hung para a policia. Depois de trés anos, Hung sai da cadeia e é acusada de ter feito um outro roubo, mas ela é defendida pelos policiais Ta Hsiang-Ken (Richard Ng) e Yang Chuan-Kuang (Ngai Sing/Collin Chou) e pelo Swordsman (Yuen Biao), um cara que é obcecado pelos contos sobre guerreiros. Hung decide colaborar com a policia para parar o roubo da máscara de napoleão, que vai ser feito pela Ngan e outros colegas.

vlcsnap-00001 vlcsnap-00002 vlcsnap-00003  vlcsnap-00004 vlcsnap-00005 vlcsnap-00006

As cenas de luta são coreografadas muito bem (o coreografo das cenas de luta é King Lee, diretor do S.D.U. – Mission in Mission), todas as cenas de ação não decepcionam e isso ajuda a perdoar algumas falhas no roteiro. Joyce Godenzi é uma boa heroína (que infelizmente, conseguiram aproveitar em poucos filmes), as cenas cômicas com o Richard Ng conseguem estimular alguns risos, Yuen Biao é muito bom no papel do fanático excêntrico obcecado com contos sobre guerreiros e Ngai Sing possui boas habilidades atléticas. Billy Chow interpreta um dos colegas da Ngan.

Dragon in Fury

421

 

Diretor: Mau Kin-Tak

País: China (Hong Kong)

Ano: 2004

Depois de ter assistido ao Big Boss Untouchable, fiquei com vontade de ver os outros filmes com o Dragon Sek (Também conhecido como Dragon Shek), consegui encontrar Dragon in Fury, que é um remake do filme A Fúria do Dragão (O filme do Bruce Lee), que é também um dos filmes de artes marciais mas imitados da história do cinema.

vlcsnap-00001 vlcsnap-00002 vlcsnap-00003

 

Depois de ter testemunhado o mestre de artes marciais Huo Yuanjia (Gordon Liu) enfrentar alguns ninjas, Chen Zhen (Dragon Sek) vira aluno do Huo Yuanjia, vários anos depois, Huo Yuanjia morre misteriosamente e Chen Zhen acredita que os invasores japoneses, liderados por um violento general do exército Japonês (Billy Chow), foram responsáveis pela morte dele.

vlcsnap-00004 vlcsnap-00005 vlcsnap-00006

 

Dragon in Fury copia as cenas mais famosas do filme original (nem preciso dizer quais), mas o remake tem certas novidade, como o envolvimento da esposa e uma aluna do Chen Zhen (respectivamente, interpretadas pela Joey Man e Karen Cheung), Gordon Liu aparece somente na primeira cena, Billy Chow interpreta o mesmo personagem que ele tinha interpretado no filme Lutar ou Morrer (outro remake do A Fúria do Dragão, com o Jet Li). As cenas de luta são boas e dignas dos filmes de Kung Fu dos anos 70, a trilha sonora é decente. O filme vira um pouco lento depois a segunda metade do filme, mas a luta final compensa.